OnlineLyrics Database

Browse Lyrics By Artist:
  1. #
  2. A
  3. B
  4. C
  5. D
  6. E
  7. F
  8. G
  9. H
  10. I
  11. J
  12. K
  13. L
  14. M
  15. N
  16. O
  17. P
  18. Q
  19. R
  20. S
  21. T
  22. U
  23. V
  24. W
  25. X
  26. Y
  27. Z

doismileoito (2009) by doismileoito

Released on Sunday, February 1st, 2009
More lyrics from doismileoito (2009)O caminho que fazias ganhou silvas e a tua gaveta pó, A ponte Findling, Acordes c/ arroz, Cântico protoneo, Cabanas (peterpanismo), Caratéquide, Bem Melhor (12200074), SO05SO06, A.T.L., Tempo a mais, Engate ao espelho,

Música d'homens Lyrics (by doismileoito)

Tranca a porta eu passo bem
Sem estar em casa eu como o lixo
Eu como quem tem
Morada-aberta e não foge
Assim que eu mostro os meus
Demónios são assim-assim
Não metem medo
O que mete medo é eu sentir
Que o fim
Se aproxima a cada passo
E eu penso em não voltar
Mas voltei

Senti-me mal
Assim que entrei aqui
Senti-me mal
Assim que eu que olhei para ti
É sempre igual
Mas fico até ao fim
E é sempre a calma o que me prende a ti
Mas quem sabe um dia acaba aqui

Parto a medo disso sou capaz
O que eu queria mesmo era
Sair e sem olhar para trás
Batia a porta a avisar: não sei quando volto não chores mais
Quero um tempo só para ti
Para já o que eu tenho é pouco
E é muito o tempo gasto aqui
Quero encontrar na terra o céu inferno
E nem da cama eu saí

Senti-me mal
Assim que entrei aqui
Senti-me mal
Assim que eu que olhei para ti
É sempre igual
Mas fico até ao fim
E é sempre a calma o que me prende a ti
Mas quem sabe um dia acaba aqui

Senti-me mal
Eu senti-me mal
Eu senti-me mal
Eu senti-me mal
Aqui